PORTAL NIPPOBRASIL ONLINE - 19 ANOS
-
Fale conosco: adm@nippo.com.br   
Quarta-feira, 21 de novembro de 2018 - 17h48
DESTAQUES:
  Empregos no Japão

  Busca
 
  Seções NippoBrasil
   Comunidade
   Opinião
   Circuito
   Notícias
   Agenda
   Dekassegui
   Entrevistas
   Especial
-
  Variedades
   Aula de Japonês
   Automóveis
   Artesanato
   Beleza
   Bichos
   Budô
   Comidas do Japão
   Cultura-Tradicional
   Culinária
   Haicai
   História do Japão
   Horóscopo
   Lendas do Japão
   Mangá
   Pesca
   Saúde
   Turismo-Brasil
   Turismo-Japão
-
  Esportes
   Copa do Mundo 2014
   Copa das
 Confederações 2013
-
  Especiais
   Imigração Japonesa
   120 anos de Amizade  Japão-Brasil
   Bomba de Hiroshima
   Japan House
   Festival do Japão 2018
-
 Colunas
   Conversando de RH
   Mensagens
     Roberto Shinyashiki
-
 Veja mais  Classificados
   Econômico
   Empregos no Brasil
   Guia Profissionais
   Imóveis
   Oportunidades
   Ponto de Encontro
-
  Interatividade
   Fale com a Redação
-
  Institucional
   Quem somos


Caderno Bichos

Cuide bem da refeição do seu cachorro

Alimentação inadequada pode ocasionar deficiências nutricionais,
obesidade e doenças degenerativas
 

Quando se fala em nutrição, os veterinários são unânimes: a ração é o produto mais indicado. Mesmo assim, na hora da compra, alguns fatores devem ser observados

(Foto: Divulgação)

Uma boa alimentação é um dos fatores primordiais para a saúde do pet. Ela serve como fonte de vitalidade, beleza e prevenção de diversas doenças. No entanto, são necessários alguns cuidados para que os benefícios não se transformem em problemas. Pensando nisso, a equipe Zashi/Variedades preparou uma série de matérias com dicas de nutrição, que começa com a alimentação para os cães.

Quando se fala em nutrição, os veterinários são unânimes: a ração é o produto mais indicado. Mesmo assim, na hora da compra, alguns fatores devem ser observados. “Os sabores não têm muita importância nutricional, mas podem influenciar na preferência do animal. Deve-se, sim, levar em conta o tipo de proteína usada na composição da ração [frango, carne vermelha, peixe, peru, ovelha, etc.], que pode causar algum tipo de alergia/intolerância intestinal ou cutânea”, afirma o diretor clínico do Hospital Veterinário Pet Care, Marcelo Quinzani.

Alimentação inadequada

Apesar da indicação dos veterinário, muitos donos de pet ainda insistem em compartilhar suas refeições com seus cães. Esse ato pode trazer diversos problemas ao animal, já que as necessidades nutricionais dos cachorros são diferentes das dos humanos. “Os pets jamais devem consumir alimentos humanos, pois, por mais completa que seja a nossa alimentação, existem alguns aminoácidos essenciais que devemos complementar no alimento dos animais e que não estão presentes em nossa alimentação”, alerta o veterinário da Total Alimentos, Wander Palomo.

Marcelo também ressalta o risco de oferecer alimentos inadequados aos cães. “As necessidades nutricionais deles são diferentes das nossas necessidades nutricionais. As formulações das rações de origem idônea são baseadas em anos de estudos, o que nunca conseguiríamos nas nossas formulações caseiras, levando a deficiências, exageros ou, no mínimo, em formulações inadequadas às reais necessidades dos cães”, completa.

Outro grande problema na alimentação dos cães são os biscoitos e petiscos disponíveis no mercado pet. Esse tipo de produto deve ser utilizado apenas como prêmio para o adestramento e nos momentos certos, sem interferir no apetite do animal em relação à ração. “É só correlacionar com uma criança que come doces, bolachas e petiscos e que não vai se alimentar corretamente com o que deve: arroz, feijão, carne e legumes”, exemplifica Marcelo Quinzani.

Vale lembrar que uma alimentação inadequada pode ocasionar problemas como alterações na qualidade da pelagem ou predispor o animal a determinadas doenças degenerativas, como insuficiência renal, agravamento da osteoartrite por sobrepeso, hipertensão, etc. “Nos animais senis, pode potencializar todos esses problemas, comprometendo a qualidade de vida e a longevidade”, ressalta o diretor do Pet Care.

Porções

A quantidade diária de ração que será oferecida ao cachorro deve ser calculada com base no peso e na idade do animal. A indicação dessa quantidade está descrita nas embalagens da ração.

De acordo com Marcelo, o ideal é que esse volume seja distribuído em porções que devem ser oferecidas de duas a três vezes ao dia. “Os animais que comem só uma vez ao dia tendem a comer mais, pois ficam um tempo maior em jejum e, nesses casos, podem ser predispostos a uma patologia grave, que é a dilatação e a torção gástrica, ocorrida pós ingestão de grandes volumes de alimento em raças de cães grandes, além da obesidade.”

 
FASES DA VIDA

Cada fase da vida do cachorro requer uma nutrição específica, que deve levar em conta os nutrientes necessários para o desenvolvimento e o bem-estar do pet. “Para filhotes até a fase adulta, deve-se oferecer um alimento mais energético com mais proteínas e gorduras. No caso dos adultos, a nutrição deve visar à manutenção de vida, com todos os ingredientes necessários para sua saúde. Já para os idosos, devemos oferecer um alimento com a presença dos sulfatos de condroitina e glucosamina, que contribuem para uma boa saúde das cartilagens, evitando dores articulares, melhorando a qualidade de vida do animal, e não devemos utilizar sal, pois é prejudicial aos rins e ao coração”, explica o veterinário Wander Palomo.

Outro fator importante é observar o tamanho do cachorro, assim como o tamanho do grão da ração: pequeno para cães menores e grande para cães maiores. No caso de filhote, deve-se levar em consideração a raça do animal baseada no tamanho. Não existe diferença entre a alimentação de um maltês e de um poodle, assim como também não existe entre um pastor alemão e um labrador.

 
CHECKLIST DA RAÇÃO

Para oferecer um alimento de qualidade para o seu cãozinho, alguns cuidados são necessários. Confira algumas dicas dos veterinários Wander Palomo e Marcelo Quinzani para a hora da compra.

• Procure produtos de marcas idôneas e que possuam o selo PIQ PET.

• Não esqueça de verificar o prazo de validade.

• Compre a ração adequada ao tamanho de seu cachorro.

• Consulte o veterinário para analisar a formulação adequada às necessidades do seu animal.

• Observe o tipo de proteína da ração.

 
VAI UM OSSINHO AÍ?

O consumo de ossos sempre esteve relacionado à alimentação dos cães. No entanto, é importante ressaltar que, além de não possuir nenhum valor nutricional, esses ossos podem ainda causar danos ao animal, como fratura dentária até obstruções intestinais, lacerações em mucosa da boca e obstruções de vias aéreas quando os cães se engasgam com ossos ou fragmentos destes. “Para ajudar a limpar os dentes e no exercício da mastigação, existem brinquedos e produtos que oferecem menores riscos. Portanto, não recomendo [ossos]”, afirma Marcelo Quinzani.

 
 Pets do Leitor
 Arquivo: Pets
• Dia Mundial do Gato: veja como cuidar dos bichanos
• Saiba tudo sobre as vacinas
• Cuidados: Top 5 de verão
• Brincadeira que faz bem
• Esquilo da Mongólia
• Dia de banho!
• Atendimento de emergência
• Na hora da compra
• O melhor hotel para seu amigo
• Mais do que um bom amigo
• Adotar é tudo de bom!
• Alimentação para Aves: Balanceada e variada
• Independentes e bem nutridos
• Cuide bem da refeição do seu cachorro
• Evite as doenças de verão
• Câncer: diagnósticos e tratamento
• Tá nervoso? Vai brincar!
• Atenção com as unhas!
• Medicamento na medida certa
• Jabutis são animais tímidos e dóceis
• Um olhar esbranquiçado
• Calopsitas: Dócil e divertida
• Ferrets: Amistosos e brincalhões
• Animais idosos
• Diabetes?
• “Castrei, e agora?”
• Vermífugo: um importante aliado
• Iguana: Exótica e exigente
• Doenças do homem em animais de estimação
• Terapia comportamental
• Um pássaro do barulho
• “Cadê meu filhotinho?”
• Programa de adoção
• Florais para eles também!
• Um problema sazonal
• Top 5 de escovação
• Filhotes, filhotes, filhotes!
• Um coelho em sua vida
• “Que coceirinha...”
• Doença ou personalidade?
• Um peixe bom de briga
• Anticoncepcional: Problema ou solução?
• Meu pintinho amarelinho
• Cachorro Bem-Educado
• Farmácia Pet
• Adorável roedor
• Um amor de bicho
• Pet moderno

© Copyright 1992 - 2016 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados - www.nippo.com.br

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante.
Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

Sobre o Portal NippoBrasil | Fale com o Nippo