PORTAL NIPPOBRASIL ONLINE - 19 ANOS
-
Fale conosco: adm@nippo.com.br   
Quarta-feira, 21 de novembro de 2018 - 18h22
DESTAQUES:
  Empregos no Japão

  Busca
 
  Seções NippoBrasil
   Comunidade
   Opinião
   Circuito
   Notícias
   Agenda
   Dekassegui
   Entrevistas
   Especial
-
  Variedades
   Aula de Japonês
   Automóveis
   Artesanato
   Beleza
   Bichos
   Budô
   Comidas do Japão
   Cultura-Tradicional
   Culinária
   Haicai
   História do Japão
   Horóscopo
   Lendas do Japão
   Mangá
   Pesca
   Saúde
   Turismo-Brasil
   Turismo-Japão
-
  Esportes
   Copa do Mundo 2014
   Copa das
 Confederações 2013
-
  Especiais
   Imigração Japonesa
   120 anos de Amizade  Japão-Brasil
   Bomba de Hiroshima
   Japan House
   Festival do Japão 2018
-
 Colunas
   Conversando de RH
   Mensagens
     Roberto Shinyashiki
-
 Veja mais  Classificados
   Econômico
   Empregos no Brasil
   Guia Profissionais
   Imóveis
   Oportunidades
   Ponto de Encontro
-
  Interatividade
   Fale com a Redação
-
  Institucional
   Quem somos



Na hora da compra

Antes de adquirir um pet, é importante buscar informações
sobre as peculiaridades do animal
 

Um fator primordial é analisar se o
animal apresenta aspecto saudável

Documentos
Para uma compra segura, é necessário exigir os documentos do vendedor e apresentar os documentos pessoais. Confira a documentação necessária para a compra de animais.

Vendedor
• RG
• CIC
• Registro do canil, gatil ou criadouro

Comprador
• RG
• CPF

(Reportagem: Suzana Sakai| Fotos: Divulgação)

Olhar brilhante, apetite, procedência e personalidade compatível com a do dono são alguns fatores que devem ser observados na hora da compra de um pet. Além disso, é importante que o candidato a dono tenha consciência de que estará adquirindo um animal vivo, ou seja, que come, bebe água, tem necessidades fisiológicas, fica doente, faz bagunça e que, acima de tudo, tem sentimentos.

O pet certo para você

A escolha do bichinho não deve ser efetuada com base na empolgação ou nos incansáveis pedidos das crianças. É preciso considerar a personalidade do animal, o espaço disponível em casa, entre outros fatores. “Muitas vezes, por conta da internet, vejo algumas pessoas fazendo a escolha da raça ou espécie do animal respondendo a questionários e, pelas respostas obtidas, é sugerido o tipo de pet a ser adquirido. Na maioria das vezes, isso incorre em erro. Não acessei nenhum desses sites ainda, mas, frequentemente, recebo a visita de pessoas que fizeram uso desse questionário, seguiram a sua recomendação e acabaram errando”, comenta o veterinário Nelson Eiti Kimura.

Para buscar informações sobre qual animal é mais apropriado para o seu estilo de vida, vale recorrer a livros, revistas e profissionais especializados. “Sempre se deve ler a respeito para saber qual tamanho o animal terá quando crescer, tipo de personalidade, predisposições a doenças, afinidades com crianças e outros animais. Além disso, é importante ter em mente que esse será um companheiro para os próximos 10 ou 15 anos”, afirma a veterinária Estela Yoshida.

Compra

Depois de encontrar a espécie ou raça de pet mais indicada, é hora de pesquisar o local da compra do animal. É importante analisar a higiene do estabelecimento, a forma como o animal é tratado, o espaço em que está abrigado e se o vendedor está omitindo ou “mentindo” nas informações. “Existem muitos vendedores que vendem seus animais na rua, em estradas, em praças ou perto de grandes lojas de artigos pet. É ideal que se evite esses locais como referência de compra. Sempre que possível, busque orientação de um profissional experiente e idôneo para efetuar a compra”, alerta Nelson.

Em relação ao preço, é importante pesquisar, mas a regra de que o barato às vezes sai caro também vale para a compra de animais. Como norma geral, os animais com pedigree e os comprados em lojas ou criadores são mais caros.

Observe o animal

Depois de pesquisar qual é o pet mais adequado e o local da compra, é o momento de observar o bichinho que será adquirido. Um fator primordial é analisar se ele apresenta um aspecto saudável. “É preciso verificar seu estado de saúde, como secreção nos olhos ou nariz, comportamento, peso de acordo com a idade, se o pelo está limpo e bonito; checar a procedência do animal e, se possível, saber informações sobre os pais e os irmãos”, orienta Estela.

Um pouco do comportamento do pet também pode ser diagnosticado na hora da compra. “Se houver mais de um filhote, evite escolher aquele que está encostado no canto, com medo, e aquele mais agressivo. Evite também aquele filhote que ficou muito tempo dentro de uma gaiola ou em espaço restrito”, recomenda Nelson.

 

Animais silvestres
A compra de animais silvestres deve ser pesquisada com ainda mais rigor, pois a sua venda é proibida. Os únicos locais que podem comercializar esse tipo de pet são os criadouros autorizados pelo Ibama.

As informações sobre a compra legal pode ser obtida no próprio estabelecimento. “Geralmente, os locais autorizados informam sobre o Ibama e entregam documentos e panfletos informativos ao novo proprietário de uma forma mais consciente. O preço costuma ser diferenciado, mais caro”, explica a veterinária Estela Yoshida.

Vale lembrar que o animal comprado em estabelecimentos não autorizados não podem ser legalizados após a compra.


Serviço
• Dra. Estela Yoshida – tchelavet@yahoo.com.br
• Nelson Eiti Kimura – nekvet@superig.com.br
 Pets do Leitor
 Arquivo: Pets
• Dia Mundial do Gato: veja como cuidar dos bichanos
• Saiba tudo sobre as vacinas
• Cuidados: Top 5 de verão
• Brincadeira que faz bem
• Esquilo da Mongólia
• Dia de banho!
• Atendimento de emergência
• Na hora da compra
• O melhor hotel para seu amigo
• Mais do que um bom amigo
• Adotar é tudo de bom!
• Alimentação para Aves: Balanceada e variada
• Independentes e bem nutridos
• Cuide bem da refeição do seu cachorro
• Evite as doenças de verão
• Câncer: diagnósticos e tratamento
• Tá nervoso? Vai brincar!
• Atenção com as unhas!
• Medicamento na medida certa
• Jabutis são animais tímidos e dóceis
• Um olhar esbranquiçado
• Calopsitas: Dócil e divertida
• Ferrets: Amistosos e brincalhões
• Animais idosos
• Diabetes?
• “Castrei, e agora?”
• Vermífugo: um importante aliado
• Iguana: Exótica e exigente
• Doenças do homem em animais de estimação
• Terapia comportamental
• Um pássaro do barulho
• “Cadê meu filhotinho?”
• Programa de adoção
• Florais para eles também!
• Um problema sazonal
• Top 5 de escovação
• Filhotes, filhotes, filhotes!
• Um coelho em sua vida
• “Que coceirinha...”
• Doença ou personalidade?
• Um peixe bom de briga
• Anticoncepcional: Problema ou solução?
• Meu pintinho amarelinho
• Cachorro Bem-Educado
• Farmácia Pet
• Adorável roedor
• Um amor de bicho
• Pet moderno

© Copyright 1992 - 2016 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados - www.nippo.com.br

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante.
Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

Sobre o Portal NippoBrasil | Fale com o Nippo